Search Results for »mariana ianelli«

A hora da Nossa Senhora da Solidão [Mariana Ianelli]

abril 20, 2019

2

Sobre esta hora, Rilke foi mais longe que todos os evangelhos canônicos e disse que a mãe ao pé do sepulcro ficou “imóvel como o interior da pedra ficou imóvel”. Em qualquer outra hora, essa mãe poderia ser da glória, da esperança, dos remédios, dos milagres, do bom conselho, da boa morte. Nesta hora, não. […]

Hopperianas [Mariana Ianelli]

abril 6, 2019

4

Um aquário aceso no meio da sala de um apartamento vazio. A bisavó na fotografia fazendo um crochê que não tem fim. A mendiga recostada no muro do canteiro fumando seu cigarrinho. O padre no seu quarto à meia-noite lendo um poema de Sophia. A mulher de sapatos na mão depois da festa, no topo […]

Nosso terceiro outono [Mariana Ianelli]

março 23, 2019

4

Vê que de novo é época de goiabas e romãs? Goiabas gordas e romãs já meio devoradas e ainda presas nos galhos. Fizemos tantas coisas até aqui, tantas viagens à lua, festas do alfabeto, danças com palmas, tambor e pau-de-chuva. Você já sabe que uma boa rega atiça o cheiro do manjericão, sabe que amarelo […]

Esperando os morcegos [Mariana Ianelli]

março 9, 2019

1

Ganhamos horas de insônia. Necessitamos saber dos amigos. Nos perguntamos em que extremo o calado está, de que é feito seu silêncio, se de estupor ou indiferença. Nossas mãos tremem. Pessoas discutindo alto na avenida e você já imagina o pior. Pessoas empenhando tanta fúria, tanto fogo numa briga de esquina que é como se […]

Profissão carrasco [Mariana Ianelli]

fevereiro 23, 2019

2

Estão abertas as vagas para carrasco no Sri Lanka. Como requisito para o emprego de remuneração equivalente a menos de um salário mínimo, os candidatos devem apresentar “excepcional caráter moral” e “excelentes faculdades mentais”. Basicamente, alguém de mãos firmes e coração invulnerável. Não vá o carrasco se deixar impressionar pelo olhar de um condenado, como […]

Dia de amar a casa [Mariana Ianelli]

fevereiro 9, 2019

2

Hoje não vamos ao parque nem à praça nem ao museu. Há inesperados amigos lá fora, a surpresa das primeiras goiabas no chão, os gatos debaixo dos carros estacionados, mas nem por aí nós iremos hoje. Tem dias assim, que tiramos para amar a casa e gozar dos seus recantos mal percebidos. É quando a […]

Sobre ter a alma e o corpo nus [Mariana Ianelli]

janeiro 26, 2019

3

Fim de janeiro no litoral paulista, à noite, estranhos abrem uma roda, como se íntimos uns dos outros dão-se as mãos, e começam a rezar no calçadão da praia. Rezam em voz alta, de olhos fechados, no trecho mais movimentado do passeio, que é para não passarem despercebidos no seu fervor. Uma roda de gente […]

Sem palavras [Mariana Ianelli]

janeiro 12, 2019

2

É o que dizemos em casos extraordinários. Quando, por exemplo, a náusea é tamanha que não há verbo que chegue. A náusea, a indignação, a vergonha mundial, a estupefação, ou ainda, mal sabendo o que seja, se o descrevêssemos, seria: abismo. Tudo desfigurado, doendo, confundido, um caminhão com dois mil frangos queimados vivos, a volta […]

A descrença dê licença que aí vem vindo uma menina [Mariana Ianelli]

dezembro 29, 2018

3

A espera é sem fim, o futuro uma ferida, a alma continua a ser nada para muita gente, e estufa que estufa o mercado dos ansiolíticos, e cresce que cresce o álbum dos tristes sorrisos, mas a descrença dê licença que aí vem vindo uma menina ocupada com o instante-a-instante não espetaculoso dos dias. Ela […]

Esses que me povoam [Mariana Ianelli]

dezembro 15, 2018

2

Tenho um amigo que lê pensamento e ama poesia portuguesa e há trinta e sete anos faz chover as rosas de Santa Teresinha nos corações simples. Tenho uma amiga que é do mar e às vezes caminha transparente pela casa até um pátio cheio de vento e orquídeas. Tenho um amigo de olhos esmeraldeados que […]