Browsing All posts tagged under »Alexandre Brandão«

Verissimo, nem te conto [Alexandre Brandão]

abril 14, 2019

8

(Imagem: Átila Roque) . Na rua Barão de São Borja, quase esquina da Dias da Cruz, no Méier, vive meu traficante. Calma, meu traficante de títulos. Penso assim: não fosse por um título como “História Universal da Infâmia”, quem leria Borges, o cego? E Ramos, o preciso, sem a força de um sonoro “Vidas Secas”? […]

Homens nas ruas do Rio [Alexandre Brandão]

março 31, 2019

8

(Imagem: Átila Roque) Com uma das mãos no bolso, coça a perna e respira fundo. A tristeza não mede esforços para se apoderar de seus sentimentos, homem. Ela é assim, sempre assim: dona da festa escura, da face incolor, do sono tolo. Mas o mar está bem ali — o sol também. Crianças correm no […]

O que tenho para contar [Alexandre Brandão]

março 17, 2019

8

(Imagem: Átila Roque) . Passeava pelo jardim quando fui fisgado pelo cheiro de uma flor. Olhei atentamente para ela. A flor, rubra, exuberante, no ápice de sua existência, era minha mãe. Minha mãe, intensa e breve! (Para meus irmãos) Eu o via, aqui e ali, de quando em quando. Ontem, no parque, ele estava visivelmente […]

Meu curriculum vitae [Alexandre Brandão]

março 3, 2019

11

(Imagem: Átila Roque) . Graduado em álbum de figurinhas, com mestrado em perdê-las no bafo. Pelo assombro, doutor honoris causa em situações de emudecimento. Aluno ouvinte de ideias furadas, ourives de angústias sem brilho, rábula das causas cabreiras. Químico apenas teórico na faculdade do amor sem beijo. Pároco da igreja de um deus ambivalente, metade […]

Lima Barreto e os dias de hoje [Alexandre Brandão]

fevereiro 17, 2019

5

(Imagem: Átila Roque) . Em “Diário do hospício”, primeira parte de “O cemitério dos vivos” (Planeta), Lima Barreto fala de uma das internações que teve, na realidade, a última, dois anos antes de seu falecimento. O problema do homem era a bebida, pelo menos era o que ele mesmo dizia. Tudo bem, ele dizia mais. […]

Tragédia e Férias [Alexandre Brandão]

fevereiro 3, 2019

4

(Imagem: Átila Roque) . Aos familiares das vítimas da Vale . O rompimento de uma barragem da Vale, outra vez ela, aconteceu quando eu estava de férias, em Tiradentes. O intervalo entre esta tragédia e a anterior (a de Mariana) foi pequeno, sinal de que a mineradora e todo o aparato de fiscalização não se […]

Escrever nestes dias [Alexandre Brandão]

janeiro 20, 2019

10

(Imagem: Átila Roque) . Pro Cássio Zanatta e pro Renato Braz . Escrever é voar num carrinho de rolimã ou de sebo, que eu não sei se vocês sabem o que é, mas, no momento, não cabe explicar. É deixar-se levar pela mão da criança atrevida, dona de uma infância tão velha e caduca que […]