Browsing All posts tagged under »Cássio Zanatta«

O filho, o Brasil e a notícia [Cássio Zanatta]

junho 4, 2019

7

O homem saiu para fazer compras com seu filho. No supermercado do bairro, contou o dinheiro e constatou que, com o que tinha, dava para comprar menos coisas. E comprou menos coisas. Mas, no Brasil de hoje, isso não é notícia. No caixa, o homem pagou com algumas notas enquanto seu filho se ocupava com […]

Havia um bambuzal [Cássio Zanatta]

maio 21, 2019

2

Havia um bambuzal ao lado do nosso campinho de futebol. Lembro bem porque ele cresceu comigo. E porque fazia a única sombra que chegava às quatro linhas – mas isso, só de tardinha. O sol a pino durava das dez às quatro, o que talvez explique porque curiosamente todos os jogadores queriam ser laterais ou […]

Não houve música [Cássio Zanatta]

maio 7, 2019

4

Naquele momento devia ter havido a música, como ela pôde faltar? Um Gerswhin, Cole Porter – no mínimo, John Barry. Um diante do outro em um instante de hesitação, à espera do tema que acionasse braços e lábios, que saberiam então o que fazer. No cinema, jamais faltaria a música. Os olhos seriam maestros. Bocas, […]

Vou morar aqui [Cássio Zanatta]

abril 23, 2019

5

Será preciso combinar com Beatriz, claro. Pesar as coisas, contornar os contras (que serão poucos) e tomar uma boa leva de providências. Não digo que será para sempre, mas em minha vida algo vai ficar faltando se eu não vier morar aqui. Certo que sentirei falta dos irmãos e amigos próximos. Mas minha casa estará […]

Orgulho [Cássio Zanatta]

abril 9, 2019

2

Meu celular toca, é uma amiga que está de passagem pela rua e quer saber se estou em casa. Seu casamento acabou recentemente e ela tem estado triste e meio desorientada. Digo para ela subir para um café com bolo. Enquanto ela está a caminho, explico a situação para Beatriz, que a conhece e sabe […]

A neblina sobre nós [Cássio Zanatta]

março 26, 2019

2

Onde minha cidade? Espero que ainda esteja sob a neblina. Pensei que não existisse nada mais denso do que minha cidade. No entanto, tudo se esconde e se anula. Ouvi alguém dizer que neblina ao nascer do dia é sinal de sol. A mim, bastaria que minha cidade voltasse a existir com seu trânsito, cinemas […]

Sou um idiota [Cássio Zanatta]

março 12, 2019

3

Idiota, do grego idiótes. Uma pessoa leiga, despreparada, sem habilidade. Com o passar dos tempos e o espalhar dos continentes, seu significado passou a designar uma pessoa tola, parva, tapada, estúpida. Eu não faria feio em qualquer dos significados. Tenho dificuldade para trocar uma lâmpada e fritar um ovo – se me arriscasse a fritar […]