Browsing All posts tagged under »Daniel Russell Ribas«

O animal babante [Daniel Russell Ribas]

abril 15, 2019

6

Sueli deu um longo suspiro enquanto subia no elevador. Os números passavam vagarosamente, mas ainda rápido demais para ela. Ela fechou os olhos e forçou o pensamento para o churrasco de domingo à tarde. O Flamengo venceu e seu marido promoveu uma festança por conta. Cerveja e carne comprados com antecipação, só esperando para o […]

O bloco da meia-noite [Daniel Russell Ribas]

março 18, 2019

0

Por Daniel Torgo Preste atenção, querida Embora eu saiba que estás resolvida Em cada esquina cai um pouco a tua vida Em pouco tempo não serás mais o que és Cartola – O mundo é um moinho Era o ano de estreia do bloco. Poderia ser apenas mais um entre as dezenas de aglomerações festivas […]

Fábio Assunção [Daniel Russell Ribas]

março 4, 2019

8

I see people turn their heads and quickly look away Like a new born baby it just happens every day I look inside myself and see my heart is black I see my red door, I must have it painted black  Rolling Stones – Paint it black   Cada carnaval tem seu adereço marcante. Um […]

A barriga da besta [Daniel Russel Ribas]

fevereiro 18, 2019

2

Conto de Daniel Torgo. . 18 de fevereiro… Segue. Não recordo exatamente como teve início. Só sinto o agora. Este momento. Este clima cortante. Este cheiro salgado e irritante. Esta água gelada e dura, que corrói os corações e a moral. O nome do Senhor não é usado na embarcação. Ele jamais é pronunciado. Pois […]

Ossos gelados [Daniel Russel Ribas]

fevereiro 4, 2019

2

Sweet dreams are made of this Who am I to disagree… Travel the world and the seven seas Everybody is looking for something… Marilyn Manson – Sweet Dreams (are made of this…) – cover   AVISO: Por problemas de agenda, o cronista Daniel Russell Ribas não pode enviar seu texto. Em seu lugar, o colega, […]

A discreta distração [Daniel Russell Ribas]

janeiro 7, 2019

8

Soltei os panos, sobre os mastros no ar Soltei os tigres e os leões, nos quintais Mas as pessoas na sala de jantar São ocupadas em nascer e morrer Caetano Veloso – Panis et circenses   Uma piada recorrente da trupe Monty Python é a incapacidade das pessoas em notar o absurdo ao redor. No […]

A vida em si [Daniel Russell Ribas]

dezembro 10, 2018

4

Resenha do “Demônios domésticos”, de Tiago Germano Ler crônica é participar de uma conversa de bar sem temer ressaca. Fica uma sensação paradoxal de um tempo infinito e miúdo que cabe em assuntos. A vida toda de uma pessoa (sua criação, as paixões, o mundo ao redor e pormenores profissionais) torna-se um amálgama vestido em […]