Browsing All posts tagged under »Raul Drewnick«

Textos de ocasião [Raul Drewnick]

fevereiro 9, 2020

7

Ele nunca perguntará se ela o ama. Não se arriscará a perder a única ventura que lhe resta: a de imaginar que sim. *** Condenados à castidade, os amores impossíveis trocam beijinhos no rosto e morrem em olor de castidade. *** Sou do tempo em que o Café Caboclo era irmão do Açúcar União. *** […]

Frases, nada mais [Raul Drewnick]

janeiro 26, 2020

3

Era um poeta tão velho que a neve dos seus cabelos tinha já derretido. *** Dizer que entre os gatos e os sofás há uma espécie de fetiche é quase uma imposição estatística. *** Mãe, o gato me arranhou, queixa-se a menina, mostrando o dedo ferido pelo bibelô estilhaçado. *** Não acredito, rapaz. Me disseram […]

Miudezas [Raul Drewnick]

janeiro 12, 2020

2

A retórica, se usada com exagero, não é um adorno colocado num elefante. É o elefante. *** Sou uma tristeza gerada por um polonês e uma polonesa num dia de 1938, em São Paulo. *** O melhor que podem dizer de si os poetas é que se dedicam a cultivar a beleza. Pode haver mais […]

Para consumo imediato [Raul Drewnick]

dezembro 29, 2019

4

Alguém dizer-se poeta já teve melhor resultado em outras épocas – especialmente naquelas em que havia poesia. *** Aos oitenta, se você se lembrar ainda dos ideais de sua juventude, talvez seja mais um desses casos  de nostalgia ou falta de maturidade. *** A molecona, já versada na brincadeira, fica nua e pergunta ao inocente […]

Sexo e talvez afins [Raul Drewnick]

dezembro 15, 2019

2

As novelas eróticas parecem ter como objetivo desmentir o princípio da física de que dois corpos não podem ocupar simultaneamente o mesmo espaço. O resto são só detalhes que podem resumir-se num verbo: encaixar. *** Na maioria das novelas ditas eróticas, tem-se a  impressão de que o  sexo é uma atividade recomendável  somente para atletas […]

Balcão de saldos [Raul Drewnick]

dezembro 1, 2019

2

Se alma não for uma questão de merecimento, nossas chances de ter uma aumentam cem por cento. *** A última moda acaba de chegar: poemas concretos movidos a energia solar. *** Um haicai não se procura. Um haicai se recebe de joelhos, como se deve fazer sempre que os deuses, embora não mereçamos, resolvem nos […]

Gatos e algo mais [Raul Drewnick]

novembro 17, 2019

6

O gato metropolitano sonha com sardinhas em lata. *** Se um gato estiver nela, ou pelo menos perto, nenhuma frase há de ser considerada sem importância. *** Não é lenda. É preciso ser um tantinho louco para ser poeta. Se você não é, faça o seguinte: simule. *** Buscar a verdade é uma preocupação de […]