Browsing All Posts filed under »Crônicas«

Os reis estão nus [Daniel Russell Ribas]

agosto 21, 2017

1

If you are the dealer, I’m out of the game / If you are the healer, it means I’m broken and lame – “You want it darker” – Leonard Cohen Chove em pequenos tragos essa manhã agridoce. O café quente é generoso e fornece alguma esperança. A paisagem cinzenta é tão bela quanto críptica. Eis […]

A ciência cansada [Alexandre Brandão]

agosto 20, 2017

8

(Imagem: Átila Roque)  A moça que vai descer do ônibus antes de mim leva o celular no bolso de trás da calça. Eu me pergunto a razão disso, não me parece natural, muito menos seguro, haja vista que o aparelho fica metade para fora. No bolso de trás, totalmente protegida, os homens, principalmente eles, levam […]

O riso de Kafka [Carlos Castelo]

agosto 19, 2017

6

Se bater na mesma tecla for estilo, finalmente encontrei o meu. Ando escrevendo seguidos textos falando sobre o que há de humor em artistas austeros. Foi assim com uma resenha discorrendo sobre Lima Barreto e outra em que mencionava James Joyce como um autêntico piadista. A razão para que os vejam assim tão circunspectos – […]

Tom e Halle [Rubem Penz]

agosto 18, 2017

9

Aí você tem a oportunidade de viajar para Teresina a trabalho, e a esposa consegue marcar férias no mesmo período, e ela consegue comprar passagens para os mesmos voos e marcar as poltronas ao seu lado (aí você pensa que o termo “poltrona” nos aviões está começando a parecer ironia, mas isso é outro assunto). […]

No lugar [Marco Antonio Martire]

agosto 16, 2017

7

Uma palavra no lugar realiza algumas coisas. Talvez não consiga mudar o mundo, talvez não sirva para salvar uma floresta, talvez não consiga apagar nem mesmo um incêndio ou tampouco evitar uma traição. Mas uma palavra colocada é um instrumento, que usamos às vezes bem, outras mal. Uma palavra bem no lugar, por exemplo, cederia […]

Fazendo espuma [Cássio Zanatta]

agosto 14, 2017

8

Então me peguei pensando na palavra espuma. Veja a que ponto leva a falta do que fazer: o sujeito fica olhando para as nuvens, jogando tempo fora e começa a matutar sobre uma palavra. Mas de fato eu pensava na beleza da palavra espuma. Mestre Aurélio a define no seu dicionário como “minúsculas bolhas que […]

De internet, Kariêninas e Bovarys [Raul Drewnick]

agosto 13, 2017

8

Pelo que vejo na internet, os maridos não servem para nada mais importante do que discutir a relação. *** Basta que a literatura dê um cochilo e lá vai a vida furtar-lhe uma história. Tantas Kariêninas e Bovarys que seriam perfeitas se não lhes faltasse um toque de Tolstói ou Flaubert… *** Numa pasta de […]