Browsing All posts tagged under »Madô Martins«

Encontro de Natal [Madô Martins]

dezembro 15, 2017

5

Abro o jornal e surge um cartão de visitas com o número de um celular. – C.E., bom dia. Você entrega meu jornal todas as manhãs e gostaria que passasse aqui para pegar uma lembrancinha de Natal. – Ah, passo sim. A que horas devo ir? Combinamos para a manhã seguinte. Programei o despertador para […]

Depois da seca [Madô Martins]

dezembro 1, 2017

1

A seca diminuiu e Brasília está toda florida, para alegria dos pássaros, calangos e humanos. As marcas da devastação, porém, ainda são visíveis. Palmeiras parcialmente queimadas, os canteiros cobertos de folhas secas, a água racionada em rodízio (claro que alguns adicionaram mais caixas d’água às existentes, seguindo a lei de Gerson). Turistas, como eu, se […]

Coisa de negro [Madô Martins]

novembro 17, 2017

2

Não, não vou falar sobre aquele cara. Ele é apenas a ponta do iceberg, um respingo da lama do preconceito que nos emporcalha desde sempre, apesar de negada com veemência. O triste incidente me trouxe à memória o conto de Orígenes Lessa, “As cores”, em que uma garota cega não entende por que a família […]

Perdas e danos [Madô Martins]

novembro 3, 2017

0

Valores mudam com a idade. O que antes parecia banalidade, agora ganha importância e reflexão. Pude perceber isso, mais uma vez, ontem. O Dia de Finados, anos atrás, era o momento de lembrarmos dos avós e outras pessoas antigas, de quem desfrutamos a companhia na infância. Tempo de silêncio e respeito, em que não se […]

Quase borboletas [Madô Martins]

outubro 20, 2017

0

Ansiedade poderia ser o codinome deste século. E ele se manifesta de muitas formas: a corrida contra o tempo, a agenda sempre lotada, a impaciência no trânsito, o celular. Os que se atrevem a manter o próprio ritmo, sofrem pesadas consequências: estão sempre atrasados para qualquer compromisso, confundem as datas, ouvem constantes buzinadas, perdem chamadas […]

Visitando Saturnino [Madô Martins]

outubro 6, 2017

1

Trabalhei tantos anos ao lado do Palácio Saturnino de Brito, e nunca o visitei. Ficávamos lado a lado, na Avenida São Francisco, centro da cidade, e nem mesmo suspeitei que, junto aos escritórios da Sabesp, ali existisse um museu, instalado no belo saguão de entrada do prédio, entre paredes, colunas e escadaria de mármore, um […]

Mais do mesmo [Madô Martins]

setembro 22, 2017

1

A primeira vez que ouvi falar em suicídio, tinha cerca de cinco anos. As revistas semanais da época – O Cruzeiro e Manchete – noticiavam com alarde a morte de Getúlio Vargas. Nunca esqueci a foto de seu pijama de seda ensanguentado, depois que atirara contra o próprio peito, no Palácio do Catete, sede do […]