Browsing All posts tagged under »Madô Martins«

Numa noite qualquer [Madô Martins]

maio 29, 2020

0

Acredito em destino, coincidência, intuição – tudo que a razão nega e renega. Talvez por isso, perceba com facilidade e sempre agradeça os afagos que o universo me faz. É quando penso nas parcas, tecendo nossa sina, do nascimento à morte. A que se encarrega de meus fios tem o humor próprio das divindades: é […]

Pior que São Tomé [Madô Martins]

maio 15, 2020

0

Há anos não me sentia constrangida assim por ser brasileira. Mas está difícil aguentar meus conterrâneos, a quem é preciso ensinar como se lavam as mãos, durante a pandemia e fora dela. São piores que São Tomé, a quem Jesus precisou mostrar as chagas, para ser reconhecido depois de ressuscitado. Não acreditam nem mesmo no […]

Outros costumes [Madô Martins]

maio 1, 2020

0

Fique em casa. Tenho ficado, só saindo com destino certo: banco, farmácia, supermercado. Nas horas vagas, baixo âncora no sofá e vejo tevê até a madrugada. Como canais pagos estão acessíveis por causa da quarentena, descobri programas especializados em imóveis, de restauração a reformas completas, de decoração de interiores a serviços de corretagem. São episódios […]

Máscaras [Madô Martins]

abril 17, 2020

0

Na feira de domingo, a garota improvisa uma bancada entre as barracas e, sob sol forte, expõe sua mercadoria: máscaras de tecido, que ela mesma costurou e vende com facilidade. Bem próximo, um músico toca sax e deixa no chão o chapéu, para recolher gorjetas. Ao meio-dia, fato inusitado, ainda há frango assado à venda […]

Faxina emocional [Madô Martins]

abril 3, 2020

0

Abril já veio, e a lista de afazeres que, em tese, me ajudariam a manter a saúde mental no confinamento já está se esgotando. A última tarefa realizada foi limpar as gavetas do escritório, verdadeiro buraco negro onde encontrei sinistras quinquilharias. Foi também uma faxina emocional, porque, a cada achado, as emoções se sucediam, ou […]

No vazio [Madô Martins]

março 20, 2020

0

A única certeza de que não estou vivendo em uma cidade fantasma é a obra na quadra seguinte, onde trabalhadores da Prefeitura rasgam as ruas para trocar as manilhas por maiores, que absorvam a demanda de água e esgoto dos prédios gigantes que não param de brotar por aqui. Homens e máquinas labutam desde cedo […]

Chuva! [Madô Martins]

março 6, 2020

0

Santos já foi ruim assim, na minha infância. Chuvas torrenciais, deslizamentos, soterramentos, tudo igual a hoje. Quando me enviaram mensagem dizendo que o Canal 3 havia transbordado, voltei aos tempos de colégio, mais precisamente, à tarde em que um grupo de alunas não pôde voltar para casa, porque a cidade se tornara um mar sem […]