24/09/2017
23/09/2017
22/09/2017

As janelas de Saturno [Elyandria Silva]

setembro 19, 2017

0

É através da janela indiscreta que vejo e sinto tudo acontecer, e o mundo girar, em toda  sua loucura. Criei códigos para minha janela. Quando ela está aberta estou feliz, bem, sorrindo para o mundo. Do contrário, a melancolia é uma cortina cinza que me protege daquilo que não quero, pelo menos naquele momento. Não […]

Posted in: Crônicas

O som do vento [Daniel Russel Ribas]

setembro 18, 2017

2

Escuta que é breve. Um sussurro que ensurdece. E apaga. No domingo, andei por uma rua arborizada e senti o toque aquecido. Ergui meu rosto e senti uma plenitude. Plenitudes são ligeiras e se esvaem como beija-flor. Por isso, é preciso aproveitar cada oportunidade em que uma vem lhe bicar. Pode ser a bebida que […]

Posted in: Crônicas

Aquela moça daquele dia [Alexandre Brandão]

setembro 17, 2017

3

(Imagem: Átila Roque) O que transformou aquele dia comunzinho foi o fato de ter ido ao cinema com um casal de amigos ou mais que amigos — somos benditos pelos astros e nascidos os três num 17 de novembro, ele o mais velho, ela a mais nova. Fomos ver “Como nossos pais”, dirigido por Laís […]

Posted in: Crônicas

O homem gabiru [Carlos Castelo]

setembro 16, 2017

2

Se tive alguma certeza na vida, essa foi a de que seria humorista. Também, a primeira coisa que eu ouvi, logo ao nascer, foi uma piada. Chegou o médico-obstetra e falou, todo contente, ao me ver vindo à luz: – Bem-vindo ao Piauí! Apesar de recém-nascido gargalhei. De nervoso. Vocês podem imaginar como foi difícil […]

Posted in: Crônicas