Search Results for »cássio zanatta«

O espelho partido [Cássio Zanatta]

janeiro 12, 2021

7

Sobrou o armário no velho quarto. Sobreviveu a todos. A porta nem mais abre direito, range em protesto, mas o espelho continua. Está quebrado, seu vidro partido divide a imagem em duas metades, que não se encontram, num salto de continuidade entre as linhas. Um cubista tardio. Há manchas de ferrugem nos cantos. São as […]

Feliz Ano Realmente Novo [Cássio Zanatta]

dezembro 29, 2020

0

E no meio de algum desânimo e muito sofrimento, com tantas notícias ruins – pandemia, recessão, desgoverno –, surge uma esplendorosa: está chegando um Ano Novo de verdade. Pense: você nunca viveu, nem viverá uma passagem de ano como esta. Porque, como você sabe, toda vez é meio que a mesma coisa: todos de branco, […]

Somos poucos [Cássio Zanatta]

dezembro 15, 2020

9

Somos poucos os que se apaixonam aos 54. Somos poucos os que não trocam de canal diante de um filme em preto e branco. Poucos, bem poucos, os que param o que estão fazendo para ouvir um sino. Não mais do que algumas dezenas os que choram pelos motivos mais engraçados. Poucos os que se […]

A vacina está próxima [Cássio Zanatta]

dezembro 1, 2020

4

Quinta passada rasguei dois quadros, me pendurei no lustre, discuti com um pente, maldisse uma a uma as fechaduras, o Exército Islâmico passou pela minha cabeça, limpei o mamão e a banana com álcool, depois taquei fogo. Só faltou uma passeata dos negacionistas em frente de casa para o mergulho no desespero. Estive a um […]

Conclusão [Cássio Zanatta]

novembro 17, 2020

2

Sabe aquele dia lindo? De um céu azul, tão azul que parece falso, como nos quadros dos pintores da Praça da República? Um ar que limpa o corpo, aquele vento preciso para amainar a quentura do sol? Daí que tudo convida o cidadão a sair de casa, é o que ele de fato faz, para […]

O recado da poesia [Cássio Zanatta]

novembro 3, 2020

3

Uma amiga me manda a foto de uma livraria antiga em Lisboa. Sabe o quanto gosto delas, em especial as livrarias de rua (alô, alô, Realejo!), de passear por entre os corredores, sentir os cheiros, folhear livros conhecidos, descobrir novos. É uma bela livraria, tem aquela personalidade que falta às livrarias de shopping, tão iguais. […]

Eu não quero ir a Dubai [Cássio Zanatta]

outubro 20, 2020

3

Eu não quero ir a Dubai. Nunca pensei em ir a Dubai. Digo, a cidade moderna, faiscante, que é matéria de reportagens na TV e anunciada nas agências de turismo. Muita gente sonha em ir, junta dinheiro, atualiza passaporte, toma vacina, não entendo a razão. Primeiro, porque Dubai é muito longe, ainda mais longe que […]

Muito complicado [Cássio Zanatta]

outubro 6, 2020

2

Gente é coisa complicada. Nem vamos falar de política e reuniões de condomínio, que há desavenças para todos. Como pode tanta diferença, se somos feitos das mesmos ossos, plasmas e mitocôndrias? Fulana é fissurada em ginástica, sicrana tem preguiça só de pensar em ir à padaria. Cidadão é doido pelo Flamengo e o concidadão morreria […]

O sujeito que havia morrido [Cássio Zanatta]

setembro 22, 2020

2

Foi na noite sem graça que o sujeito que havia morrido reapareceu. Entrou no bar, à hora de sempre, sentou-se à sua mesa (dele de direito há cinco anos). Passado o susto, todos no bar pensaram que se tratava de um sósia, não podia ser verdade. Mas as semelhanças eram impressionantes demais: o nariz torto, […]

Aos poucos [Cássio Zanatta]

setembro 8, 2020

3

Aos poucos vai se transformando em algo mais sereno, que de encostar não faz doer nem forma bolha. Um vento calmo ao dobrar uma esquina desconhecida. A transição entre o escurecer e o surgimento da primeira estrela. O pouso da folha seca na poça que é mais lama que água. Ainda há dança e os […]