Browsing All posts tagged under »Rubem Penz«

Lana e a lâmpada [Rubem Penz]

novembro 8, 2019

4

Antônio César passeava pelas dunas cedo da manhã deixando Lana, sua dachshund, correr livre da guia, quando topou com um brilho estranho na areia. Acocorou-se diante do objeto e notou ser uma espécie de lâmpada maravilhosa. Esfregou em busca do provável made in China e, do nada, materializou-se diante dele uma morena estonteante e sumariamente vestida. […]

Sobre a inexorabilidade* [Rubem Penz]

outubro 25, 2019

13

Ele era primo de um amigo meu de praia. Alto, magro, cabelos castanhos com corte normal – nem longo, nem rente. Curioso pela vida como todos nós, adolescentes convivendo num espaço de liberdade só possível nas férias e no litoral. Ele também tinha um irmão menor e, como nós, não deixava o irmão menor por […]

Epígrafes em prosa [Rubem Penz]

outubro 11, 2019

1

A mesma praça, o mesmo banco, as mesmas flores, o mesmo jardim. Mal sei como ele se chama, mas entendo o que ele quer. O que importa é ouvir a voz que vem do coração. Com que roupa que eu vou pro samba que você me convidou? Coisa mais bonita é você, justinho você. Lava […]

Verissimo, 50/83 [Rubem Penz]

setembro 27, 2019

3

Luis Fernando completou 83 anos de idade e 50 de crônicas. E fez tanto pelo gênero leve – fez tanto por nós, por mim fez tanto – que devo uma homenagem. Escolhi buscar um texto publicado originalmente no Metro Jornal, republicado em “Greve de sexo” (Buqui, 2016). Parapenz, Verissimo! UMA VISITA AO ANALISTA DE BAGÉ […]

Notas falsas 4 – Política [Rubem Penz]

setembro 13, 2019

4

Vivemos um tempo de versões e contraversões – ou seriam contravenções? – na nobre arte da política. Melhor dizendo, na pobre arte da política… Ao mesmo tempo cremos e duvidamos de tudo; simultaneamente duvidamos e cremos em nada. Só pode ser um truque para dissimular o que, se explícito, ruborizaria cafetões e faria bispos perderem […]

Clinch [Rubem Penz]

agosto 30, 2019

6

Meu bem, estive em tuas cordas Sem paz e nocauteado em pé Nunca a salvo de precária fé A guarida de exaustivas bordas Jaz, ardiam-me assaz feridas Ao fim, ao cabo, do chão-ao-rés Tudo prestes a tombar de vez Ao revés de causa desvalida E, a ponto de perder a luta E ali de se […]

Uma rosa nas mãos [Rubem Penz]

agosto 16, 2019

5

Estarei com uma rosa nas mãos – foi o que disse no último digitar antes de imaginá-lo partir ao ponto de encontro. Isso ao mesmo tempo em que se divertia ao ver aquele outro rodar pelo parque feito uma barata tonta com um chapéu de feltro na cabeça. Sim, passara os últimos meses alimentando diversos […]