Browsing All posts tagged under »Marco Antonio«

Redes sociais [Marco Antonio]

junho 3, 2020

4

Tempo de quarentena, lembrei desta história. Primeira metade dos anos noventa, trancada a minha matrícula no curso de Comunicação, parti para realizar um projeto: fazer o mochileiro pela Europa, hospedando-me em albergues da juventude, e visitar parentes na Itália. Uma vez em Roma, cumpri o agradável protocolo, rever tios, primos. Depois, de carro, levaram-me até […]

A dúvida [Marco Antonio]

maio 20, 2020

0

O início da quarentena não foi nada fácil. Marcaram um papo que prometia, sobre como deveria ser a higiene dali pra frente. Mas no horário combinado poucos compareceram. Apenas a rã, a onça, o bode e a arara. O papo nem havia começado, a capivara pediu licença: — Cheguei no meio, é melhor deixar pra […]

O caldo [Marco Antonio]

maio 6, 2020

4

Na primeira manhã da quarentena, quase todos acordaram cedo, fora o unicórnio, com permissão para levantar mais tarde. Como no hotelzinho não havia quadro de avisos, depois de devorarem os pães doces do café da manhã, seguiram para o quintal, sem notar sua ausência. Naquela área externa, debaixo de um sol carinhoso, praticaram inúmeras atividades, […]

As aventuras da rã: o jogo [Marco Antonio]

abril 8, 2020

2

Depois do jantar, a rã propôs um jogo. — Cada um conta uma coisa boa que fez, anota no pedaço de papel, depois misturamos e tentamos adivinhar. Toparam, contar coisas boas prometia ser fácil. As folhas de papel foram distribuídas, junto com as canetas. Levaram a brincadeira à sério, em especial a onça, que ocultava […]

A conversa [Marco Antonio]

março 25, 2020

2

A mesa de jantar era uma balbúrdia. Cerca de dez comensais discutiam, enquanto comiam e bebiam. Alguns haviam terminado a refeição, mas permaneciam nas cadeiras, alegres com as conversas em voz alta. Depois dos muitos cumprimentos, a onça reclamou da fome, era a senha para deixá-la em paz, junto da rã, sua convidada. Sentaram lado […]

Jantar na mesa [Marco Antonio]

março 11, 2020

2

Terminada a festa, a rã cuidou de encontrar a casa de sua parente. Percebeu que não falava a língua do reino, perguntou a um e outro, mas não se deu bem com o endereço. Resolveu arrumar lugar para passar a noite. Escolheu um hotelzinho acolhedor e alugou um quarto. Desceu para jantar sem apetite, preferindo […]

A festa [Marco Antonio]

fevereiro 26, 2020

4

Enquanto viajava, a rã apressava os longos saltos querendo chegar a tempo em casa de sua parente. Era uma semana de festa no reino vizinho, sabia disso porque vira os cartazes espalhados, que prometiam muita comida, bebida e música. Era uma fã de festas. Valia a pena até esquecer um pouco a vontade de sossego […]