Browsing All posts tagged under »Carlos Castelo«

O riso de Kafka [Carlos Castelo]

agosto 19, 2017

7

Se bater na mesma tecla for estilo, finalmente encontrei o meu. Ando escrevendo seguidos textos falando sobre o que há de humor em artistas austeros. Foi assim com uma resenha discorrendo sobre Lima Barreto e outra em que mencionava James Joyce como um autêntico piadista. A razão para que os vejam assim tão circunspectos – […]

Governo Temer – Perguntas Frequentes [Carlos Castelo]

agosto 5, 2017

1

Posso sair de casa durante o governo Temer? Do ponto de vista constitucional, não existe nenhum impedimento para ir e vir no país. A maioria das pessoas é livre para percorrer as ruas – exceto os bolivianos escondidos em algum porão no Bom Retiro. Por outro lado, estamos ficando bem parecidos com a Inglaterra, onde […]

Imelda Marcos dos sapatos [Carlos Castelo]

julho 22, 2017

0

Faz tempo que ganhei o apelido de Imelda Marcos dos sapatos. Tenho pares suficientes para várias encarnações. Uma bota de cano curto em couro greasy, um sapato de fivela, um de uso industrial, uma botina com elásticos e por aí vai, sem falar dos tênis. O mais antigo de todos é um Oxford com mais […]

Estatutos do Movimento Falidos e Mal Pagos do Brasil (Famapa do B)

julho 8, 2017

0

Carlos Castelo* Inadimplentes do mundo, uni-vos! Artigo Primeiro: O Brasil quebrou, estamos todos falidos, Deus não é brasileiro e eu não estou me sentindo bem. Artigo 2º: Da definição do Movimento. O Famapa é o movimento dos sem-tostão. É uma sociedade sem nenhum fim lucrativo (até porque seus membros estão todos em concordata). O Famapa não é […]

PQP [Carlos Castelo]

junho 10, 2017

0

Carlos Castelo* Eu precisava sair de Mogi cedinho. Quando vi aquele nevoeiro na janela de casa já pensei: “póta-que-pariu!” Ia ter que ir de moto. Sai fora. Depois de um quilômetro, um quilômetro e meio: póta-que-pariu! Tentei desviar, mas…póta-que-pariu! Um buracão no asfalto que, póta-que-pariu, nem te falo. Não deu tempo nem de falar póta-que-pariu, […]

Neve na manhã de São Paulo [Carlos Castelo]

maio 27, 2017

1

O que era aquela garçonnière da Líbero Badaró, do Oswald de Andrade, no centro? Nem conto… Guilherme de Almeida, Monteiro Lobato, Ricardo Gonçalves, Ferrignac, todos eles devem ter registrado as suas impressões em livro. Mas vou ficar na minha, bocca chiusa não entra muriçoca. Todos, no clímax da juventude, íamos para o apezinho discutir literatura, […]

*Bibliografia* [Carlos Castelo]

maio 13, 2017

1

Cardoso, Henrique. Popeye, Olive and Blutus: three of a perfect pair. New Series, Vol I, Paris, 2001. Nunes, Aloysio. Shrek and the ogress tradition. Oxford, 1999. Cabral, Sérgio. The History of José Carioca. Ithaca, NY, 1972. Maggi, Blairo. Story and Storytelling in Pocahontas. São Paulo, 2000. Serra, José. The Myth of Return and the Mad […]