A verdade é que eu já menti. A verdade é que existe gente má. A verdade é que eu não sou a Beyoncé. A verdade é que eu já fui traída. A verdade é que minha bunda tem celulite. A verdade é que eu já tenho umas rugas na testa. A verdade é que já fiz orçamento pra fazer botox. A verdade é que às vezes me acho uma impostora. A verdade é que a chuva foi tão forte que tirou a casa de muita gente. A verdade é que essa chuva é consequência do aquecimento global. A verdade é que os plásticos que eu já usei também contribuíram com isso. A verdade é que eu tenho inveja de muitas pessoas. A verdade é que elegeram um genocida no Brasil. A verdade é que eu já falei mal de políticos que não teriam merecido isso. A verdade é que eu sou feminista. A verdade é que, quando eu sento de biquíni, eu pego nas minhas gorduras da barriga e penso que eu queria emagrecer. A verdade é que eu sou contraditória. A verdade é que eu não sei se eu perdoei pessoas que eu disse ter perdoado. A verdade é que eu tento entender coisas que eu nunca vou entender. A verdade é que eu sou privilegiada pra caramba. A verdade é que eu reclamo de boca cheia. A verdade é que eu sou irritante. A verdade é que eu me irrito comigo mesma e deito no chão com enjoo até passar. A verdade é que eu tenho muito medo de morrer. A verdade é que só de escrever isso me dá enjoo. A verdade é que eu não sei se quero ser mãe. A verdade é que talvez eu apague a última frase. A verdade é que eu, infelizmente, não sou amiga da Anitta. A verdade é que o Covid podia ter me matado. A verdade é que eu não sou mais adolescente. A verdade é que eu queria dançar mais até amanhecer. A verdade é que eu sou uma boa amiga. A verdade é que eu gosto de morar sozinha. A verdade é que o silêncio da casa às vezes me dói. A verdade é que eu tenho amigas que falam mal de mim, mesmo que me amem. A verdade é que eu também falo mal de algumas amigas, mesmo que eu as ame. A verdade é que todo mundo fala mal de todo mundo. A verdade é que eu tento achar defeito em gente muito boa pra me sentir menos mal. A verdade é que talvez eu apague a última frase. A verdade é que às vezes eu queria muito receber uma ligação inesperada. A verdade é que isso nunca vai acontecer. A verdade é que, quando eu fico a fim de alguém, eu crio um filme na minha cabeça, e faço cálculos para saber quantos anos ele terá quando eu tiver 75. A verdade é que tem dias em que eu me acho um fracasso. A verdade é que mulheres têm pelos. A verdade é que tem filtro em quase todas as minhas fotos. A verdade é que eu morro de medo dos meus dentes ficarem moles e caírem do nada. A verdade é que tenho pesadelos com isso. A verdade é que eu sou um bom ser humano. A verdade é que pelo menos eu tento. A verdade é que o que eu mais repito é “me desculpa?”, e eu não aguento mais isso. A verdade é que até que eu sou engraçada. A verdade é que, pelo menos, minha irmã ri. A verdade é que, se eu perder todos os meus seguidores, minhas irmãs serão obrigadas a me seguir, então eu nunca terei 0 seguidores. A verdade é que me sinto muito sozinha. A verdade é que eu queria te abraçar. A verdade é que eu já fui muito maltratada em agência de publicidade para ganhar um salário péssimo. A verdade é que queria me vingar de muita gente. A verdade é que eu medito pra não fazer isso. A verdade é que eu acho que medito tudo errado, porque continuo com vontade de me vingar. A verdade é que eu tô cansada. A verdade é que eu me peso todos os dias. A verdade é que quero Clarice Lispector e Hilda Hilst de volta. Queria ter ido em mais shows da Amy. Nunca mais vou em shows porque passo mal. Decidi que minha flor preferida é hibisco porque todo mundo tem uma flor preferida e eu quero ter a minha. Decidi tatuar um hibisco mas meus pais não vão gostar. Busco a aprovação dos meus pais em tudo o que eu faço mesmo tendo 33 anos. Eu fico ansiosa depois de todos os textos que publico, então, se você puder me enviar uma mensagem dizendo que ainda me ama, me ajuda. Mas também faz parte da terapia eu saber lidar com meus monstros sozinha. Eu podia continuar por 5 páginas, mas a verdade é que você não leria. Eu queria que o mundo fosse um lugar mais verdadeiro.

__________

Drica Muscat tentou de tudo, trabalhou em diferentes áreas, e mesmo quando, de birra, quis rejeitar a escrita, escrever foi a única forma de falar sobre isso. Fundadora do blog dricamuscat.com e vencedora de alguns concursos literários, mora em Paris, onde estuda literatura lusófona na Sorbonne. Gosta de ler mensagens do celular de quem senta ao seu lado no metrô, e tem muita saudade de feijão. É mãe de um gatinho preto, e, segundo uma terapeuta floral, “É doce, mas nem tanto”. Na RUBEM, escreve quinzenalmente às quartas-feiras.