Primeiro Jabuti de crônica da história vai para Rubem Braga

Posted on 09/11/2018

2



Depois de décadas sem ter uma categoria própria, pela primeira vez o Jabuti concedeu uma premiação específica ao gênero da crônica. Na edição de 2018, a honraria coube justamente ao nome que melhor representa o gênero: Rubem Braga.

O premiado foi o livro “O poeta e outras crônicas de literatura e vida” (Global Editora), que reúne 25 crônicas escritas por Braga entre 1948 e 1988, publicadas originalmente em diversos órgãos de imprensa e que versam sobre figuras do meio literário como Carlos Drummond de Andrade, Clarice Lispector, José Lins do Rego, Manuel Bandeira, José Olympio, Monteiro Lobato, entre outros personagens.

Como Braga faleceu há muito tempo, a premiação foi estendida a Gustavo Henrique Tuna e André Seffrin, organizadores do livro.

Sendo um livro do Braga, evidentemente que a qualidade das crônicas é atestada e garantida, mas a premiação parece, antes de tudo, simbólica, para marcar o reconhecimento de um gênero constantemente desprezado pelas grandes premiações literárias.

Que essa valorização da crônica pelo Jabuti continue e que nas edições seguintes possa se valorizar também a nova crônica, pois o gênero continua vivo e sendo praticado por escritores contemporâneos que reforçam todo o dinamismo e o vigor da crônica.

Anúncios
Marcado:
Posted in: Notícias