**O EDITAL** [Carlos Castelo]

Posted on 22/02/2017

1



Carlos Castelo*

O objetivo deste Edital de nossa Feira Literária é selecionar escritores-palestrantes para a edição de 2018.

Entende-se por escritor-palestrante aquele cidadão que nasceu no Brasil, estudou na Croácia, fez pós-graduação em Londres e escreveu ao menos um romance transcorrido na região onde hoje fica o Turcomenistão.

A linguagem das obras produzidas pelos escritores-palestrantes deve ser metaficção através do discurso livre indireto. Textos com narrador onisciente serão incineradas.

Não estão aptos a participar do Certame autores brasileiros que não moraram num país exótico, não frequentem o bar Mercearia ou não tenham publicado um conto, artigo ou poesia no caderno Ilustríssima da Folha de São Paulo.

Para inscrever-se é necessário:

– Um breve currículo do escritor-palestrante, acompanhado do resumo de suas obras.

– Descrição detalhada do teor de sua palestra (havendo necessidade de iluminação especial, bailarinas e/ou DJ a organização deve ser avisada com antecedência)

– Declaração, firmada em cartório, de que o escritor-palestrante já leu – ao menos UM – capítulo da obra de Roberto Bolaño, Jonathan Franzen, Binyavanga Wainaina ou Ian McEwan, – não necessariamente nessa ordem.

Serão desconsideradas as inscrições que não obedeceram as regras acima ou que forem escritas em forma de monólogo interior.

O julgamento dos participantes competirá à uma Comissão Julgadora, designada pela Organização da Feira Literária, composta por no mínimo 03 (três) membros de comprovada vinculação com a área de literatura ou crítica, que disporá de 40 (quarenta) dias para a realização de sua avaliação. Em caso de impossibilidade de participação de algum membro, será designado pela Organização um comediante de stand-up de reconhecida popularidade.

O processo seletivo será feito tomando por base o grau de amizade dos escritores-palestrantes com os membros da Comissão Julgadora. Coleguismo escolar, convívio social ou afinidades literárias serão pontos importantes no julgamento. Em casos de empate, o critério “parentesco com o jurado” terá preponderância.

A Comissão Julgadora levará em consideração as seguintes diretrizes para apreciar os projetos de palestras:

– O conteúdo não ser relevante no panorama nacional.

– A fala ser inteiramente pós-moderna e politicamente correta.

– Ilustríssima da Folha de São Paulo e o site da revista Granta já terem requisitado obras do candidato para confecção de matérias.

– Haver mais de 19 menções a Jacques Derrida na apresentação.

O resultado final com o nome do escolhido será divulgado em nosso perfil do Snapchat em 30 de dezembro de 2017. O vencedor ganhará uma viagem a Disneyworld devendo descrever suas experiências em Orlando num ensaio de, no mínimo, 8 (oito) mil palavras para a revista Piauí.

Será automaticamente desclassificado o escritor-palestrante que não tiver mais de 50 mil seguidores nas redes sociais, somando-se seus *followers* do Facebook, Twitter, Instagram e Pinterest.

________

* Carlos Castelo é escritor, letrista, redator de propaganda e um dos criadores do grupo de humor musical Língua de Trapo. Na RUBEM, escreve quinzenalmente às quartas-feiras. 

Anúncios
Posted in: Crônicas