Todos a bordo! [Madô Martins]

Posted on 30/12/2016

1



Madô Martins*

Na última aula de ikebana do ano, a sensei nos presenteou com um vaso em forma de barco, para prepararmos um arranjo de boas vindas a 2017 e aos deuses da felicidade. Desde o início do mês, permanece na sala, sobrevivendo ao intenso calor que nos assola. E, sempre que passo por ele, digo em pensamento: segue, meu barco, em direção ao futuro. Que teu navegar seja em águas mansas e sob céu de poucas nuvens, porque de tempestades já estamos bem servidos.

Gosto de me imaginar a bordo dos dias, sentindo o vento dos planos a impulsionar as velas. Gosto de acreditar que um tempo melhor virá, independente das circunstâncias políticas ou econômicas. Que recobraremos o fôlego, atualmente tão minguado, e encontraremos formas de realização para além do sucesso e da fortuna.

Enquanto recolho a âncora, foco no desapego, para deslanchar. Quero uma casa com menos móveis, armários com menos roupas e sapatos, amizades que me façam bem. Quero prazeres simples, como caminhar, tomar banho de mar, acompanhar o pôr do sol, fotografar árvores.

Do amor, quero sintonia e troca, entendimento e interesse. Da prosa e do verso, inspiração. Do silêncio, sabedoria e revelação. E esperança, para aguentar reveses. Coragem, para tomar decisões. Paciência, para esperar os sonhos acontecerem. Saude, para tocar projetos adiante.

Todos esses desejos embarcam comigo naquele vaso oriental. Onde sempre haverá lugar para quem quiser participar da viagem.

img_20161216_092827911

__________

Madô Martins é escritora e jornalista, com 12 livros publicados e mais de 800 crônicas impressas aos domingos no jornal A Tribuna, de Santos/SP. Na RUBEM, escreve quinzenalmente às sexta-feiras.

Anúncios
Marcado:
Posted in: Crônicas