Suco de laranja [Marco Antonio Martire]

Posted on 19/08/2015

5



(Imagem: Marcelo Oliveira) 

Marco Antonio Martire*

– Bebe este suco de laranja, fofo.

– Está azedo.

– Jura? Poxa, fiz com tanto carinho.

– Obrigado, mas está azedo.

– Não vai beber o suco?

– Não.

– Bebe um pouquinho só, é pura vitamina C.

– Que parte de “o suco está azedo” você não entendeu?

– Entendi que você está de frescura com o suco.

– Frescura?

– Você nem provou direito.

– Mas está ruim.

– A culpa é minha então? Que fiz o suco só pra te agradar…

– Mas quem foi que botou a culpa nessa história?

– Se fui eu quem fez o suco e ele está azedo…

– Você é culpada da laranja estar azeda? Foi você que plantou, que cultivou, que colheu a laranja?

– Fui eu quem botou no seu copo.

– Esquece. A laranja estava azeda, não é culpa de ninguém.

– Então bebe o suco.

– Este suco azedo?

– É, eu preparei especialmente pra você.

– Por isso eu devo beber, mesmo que esteja azedo?

– Deixa de frescura, bebe logo isso.

– Não dá pra fazer outro não?

– Outro?

– Faz uma limonada.

– E limonada não é azeda?

– Bota um pouquinho de açúcar.

– Ah, você quer açúcar, por que não disse antes?

(enche de açúcar o suco de laranja)

– Agora bebe, está docinho.

– Ainda bem que minha taxa de glicose é baixa.

– Bebe o suco todo, que vai fazer bem pra sua saúde.

– Hum, agora está doce mesmo.

– Viu só? Eu sabia que era frescura. Quase não botei açúcar.

– Não parece.

– Um tantinho de nada.

– Obrigado pelo suco, então.

– Não precisa agradecer, fiz por amor.

__________

Marco Antonio Martire nasceu no Brasil em 1973 e formou-se em Comunicação Social pela UFRJ. Seu livro de estréia, Capoeira angola mandou chamar, ganhou o Prêmio Lucilo Varejão para obra inédita concedido pelo Conselho Municipal de Cultura da Cidade do Recife, tendo sido publicado em 2000. Marco edita suas obras de forma independente desde 2012 e publica suas crônicas no BLOGUI DO MARCO (www.obloguidomarco.blogspot.com), no CABANA DO LEITOR (http://cabanadoleitor.com.br/) e aqui na RUBEM quinzenalmente às quartas-feiras. Vive na cidade do Rio de Janeiro.

Anúncios
Posted in: Uncategorized