Três livros de crônicas são finalistas do Prêmio Jabuti

Posted on 23/09/2014

2



O Prêmio Jabuti anunciou nesta terça-feira (23/09) os finalistas da sua edição 2014. Como a premiação ainda não faz distinção entre conto e crônica, apenas três livros de crônicas estão entre os selecionados para a fase final: Nu, de botas , de Antônio Prata (Companhia das Letras); Um solitário à espreita de Milton Hatoum (Companhia das Letras); e Um operário em férias  de Cristóvão Tezza (Record),, todos resenhados pela RUBEM.

Os três vencedores de cada categoria serão anunciados pela comissão organizadora no dia 16 de outubro. O primeiro colocado levará um prêmio de R$ 3.500. A entrega do prêmio acontece no dia 18 de novembro no Auditório do Ibirapuera, quando também serão anunciados os Livros do Ano de Ficção e Não-Ficção, premiação que darão R$ 35 mil ao autor vencedor.

A insistência do Prêmio Jabuti em manter gêneros distintos como conto e crônica em uma mesma categoria fez com que ficassem de fora da lista de finalistas livros significativos como Asa de Sereia, de Luís Henrique Pellanda (Arquipélago), Breves anotações sobre um tigre, de Mariana Ianelli (ardotempo), As velhinhas de Copacabana, de David Coimbra (L&PM), entre outras boas produções de 2013.

Confira a lista com os finalistas na categoria:

Amálgama, Rubem Fonseca (Nova Fronteira).
Você Verá, Luiz Vilela (Record).
Nu, de botas, Antonio Prata (Companhia das Letras).
Um solitário à espreita, Milton Hatoum (Companhia das Letras).
Noveletas, João Vereza (Record).
Entre moscas, Everardo Norões (Confraria do Vento).
Um operário em férias, Cristóvão Tezza (Record).
Uns contos, Ettore Bottini (Cosac Naify).
Consternação, Jádson Barros Neves (Casarão do Verbo).
Bem aqui, Moema Franca (7Letras).

Posted in: Uncategorized